Home Destaque Quem participava e o que fazia o programa secreto dos EUA sobre...

Quem participava e o que fazia o programa secreto dos EUA sobre OVNIs

75
0
COMPARTILHE
Documentos Secretos e Confidenciais, AATIP, Pentágono, DoD, Defesa, Segredo, Blue Book, FOIA
Desde que o programa secreto de investigação de OVNIs do Pentágono se tornou conhecido, no final do ano passado, um debate vem agitando os bastidores da Ufologia mundial. O programa foi mesmo cancelado ou continua operando através de orçamentos secretos do governo americano? E o que descobriram? Quem mais fazia parte?
Enquanto não se tem ainda um veredito para essas questões, pesquisadores no mundo todo supõem que a atividade não tenha sido efetivamente encerrada, principalmente em função das declarações dadas por um de seus ex-chefes, Luís Elizondo, responsável por revelar ao mundo a existência do programa.
Talvez as respostas possam ser encontrada no histórico de atuação, relações e comando do Programa Avançado de Investigação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP, sigla em inglês). Nesse sentido, o pesquisador australiano Keith Basterfield publicou em seu blog um trabalho revelador. A partir da compilação de materiais disponíveis na Internet, Basterfield indica oficiais provavelmente envolvidos com o programa secreto e identifica também uma interessante relação entre o AATIP e outro programa, o Sistema Aplicado de Armas Aeroespaciais Avançadas (Advanced Aerospace Weapon Systems Application, AAWSA), sob a tutela do escritório de Alerta da Defesa, da Agência de Inteligência da Defesa dos EUA (Defense Intelligence Agencie, DIA, um braço do Departamento de Defesa, DoD).
Confira a seguir uma tradução (autorizada expressamente pelo autor) do texto original de Keith Basterfield em seu blog e seu chamado aos leitores que eventualmente possam contribuir com mais informações.

AATIP ou AAWSA

Por Keith Basterfield

Antecedentes:
O Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP) está no noticiário desde o final do ano passado, quando a existência desse programa do governo dos EUA foi revelada. Três vídeos curtos, que teriam sido investigados pelo programa, foram divulgados pela Academia Para as Estrelas (To the Stars Academy).
Em um post datado de 27 de abril de 2018, intitulado “The AATIP, Targeting Pod Videos and the DOPSR process” (O AATIP, vídeos de alvos [em cockpits] e o processo DOPSR), o pesquisador sueco Roger Glassel forneceu informações relacionadas à sua pesquisa sobre como os vídeos de alvos da AATIP foram lançados.
Introdução:
Parte da pesquisa de Glassel levou-o ao trabalho de 2010/2011 do Dr. Eric Davis.
Eric Davis
Fonte: http://earthtech.org/pubs/
Davis preparou vários estudos teóricos para o Escritório de Alerta de Defesa da Agência de Inteligência da Defesa dos EUA. Glassel localizou dois desses relatórios. Davis havia relatado anteriormente sobre seu trabalho na AATIP para o DIA, preparando relatórios similares, se não os mesmos.
Na página 2 de ambos os relatórios, há a observação: “Este produto é parte de uma série de relatórios de tecnologia avançada produzidos no ano fiscal de 2009 sob o programa Sistema Aplicado de Armas Aeroespaciais Avançadas (AAWSA), do escritório de Alerta da Defesa, da Agência de Inteligência da Defesa”. Glassel argumenta que o “AAWSA, se é não o mesmo, parece estar intimamente relacionado com a AATIP”.
Isaac Koi:
O pesquisador do Reino Unido, Isaac Koi, em uma mensagem datada de 30 de abril de 2018, ao grupo de discussão do Google “Coletivo de OVNIs”, acrescentou algumas informações. “Em 20 de março de 2018, enviei uma cópia de dois documentos DIRD [relatórios da Defesa] para Eric Davis (que encontrei em vários sites pesquisando as publicações que ele listou em sua página na EarthTech.org) e pedi que ele confirmasse que esses documentos eram parte da série de 38 DIRDs. Esses documentos incluem uma declaração de que eles são relatórios no âmbito do “Advanced Aerospace Weapon System Applications” (sic) do Departamento de Defesa de Defesa da Agência de Inteligência da Defesa (AAWSA). (Alguns dias depois, Roger Glassel descobriu esses DIRDs fazendo pesquisas semelhantes).
Em 13 de abril de 2018, Eric gentilmente respondeu que “não sei como você conseguiu dois dos meus relatórios DIRD” e “Sim! Todos os meus relatórios DIRD são no total de 38”.
Gerente do programa:
Um aspecto do blog de Glassel que me interessa é o fato de que a nota continua dizendo: “Comentários ou perguntas relativas a este documento devem ser endereçados a James T. Lacatski, D. Eng., Gerente do Programa AAWSA, Agência de Inteligência de Defesa. ATENÇÃO: CLAR / DWO-3, Bldg 6000, Washington, DC 20340 – 5100”. Lembre-se disso voltando a abril de 2010.
O que já sabemos sobre o gerente do programa AATIP antes de Elizondo?
1. Durante a entrevista no programa”Coast to Coast”, com George Knapp, em 25 de fevereiro de 2018, Luis Elizondo declarou que em 2008 conversou com o gerente do programa AATIP, que era um PhD e um cientista de foguetes.
2. Durante a entrevista de janeiro de 2018 de Elizondo a Giuliano Marinkovic, Elizondo afirmou que em 2010, o último gerente da AATIP saiu, e ele (Elizondo) tornou-se o gerente do programa da AATIP.
Quem foi James T Lacatski?
Uma pesquisa na Internet revela:
1. Um James Lacatski, Oficial de Inteligência, defesa contra mísseis, Agência de Inteligência da Defesa foi um dos especialistas em uma conferência de 2004 sobre Defesa contra Mísseis Balísticos.
2.
Na edição de janeiro de 2005 da revista “Communique” do DIA, James T Lacatski é mostrado como promovido ao GG-14.
3. Encontrei um relatório sobre “Tópicos modernos em energia e energia técnica” de 2015, realizado no Laboratório de Pesquisa do Exército dos EUA entre 14 e 16 de julho de 2015. Um dos participantes foi James Lacatski, do Departamento de Defesa, com um endereço de e-mail do DIA. Curiosamente, um dos organizadores foi um Dr. Eric Davis.
De volta a Isaac Koi:
A mensagem de Isaac de 30 de abril de 2018 ao “Coletivo UFO” continuava: “Em relação a uma pergunta sobre um indivíduo mencionado nesses jornais (Jim Lacatski), o Dr. Eric Davis declarou no mesmo email que o Dr. Lacatski era o gerente de programa da DWO-4 para o contrato da AATIP com a Bigelow Aerospace Advanced Space Studies. A AAWSA é a força-tarefa específica do programa, ou divisão dentro do DW0-4, em que Jim trabalhou especificamente”.
Paul Dean:
Além disso, em 30 de abril de 2018, o pesquisador de Melbourne, Paul Dean, publicou um post no blog sobre o AAWSA, revelando o que ele sabe sobre isso. Vale a pena ler.
Perguntas:
As perguntas a serem feitas são James T Lacatski foi o primeiro gerente do programa AAWSA/AATIP? Luis Elizondo assumiu o controle dele?
Informações adicionais:
Eu procurei no LinkedIn por um James T. Lacatski, mas ninguém por este nome foi localizado. Eu procurei no Facebook por James T Lacatski; encontrei um James Lacatski e enviei uma mensagem para esse indivíduo. Também localizei um endereço de e-mail do DIA para Lacatski e enviei uma mensagem para este endereço. Infelizmente o e-mail retornou como endereço desconhecido.
Se algum leitor do blog tiver mais informações sobre o assunto deste post, eu gostaria de receber notícias!
Se os leitores e leitoras do Portal Vigília, que vasculham a Internet (e fora dela!) em busca de informações sobre OVNIs e programas secretos, tiverem informações sobre os participantes ou relatórios de qualquer um desses programas — cujas atividades e achados permanecem ainda um mistério — Keith Basterfield pode ser contatado através de seu blog

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here