Mensagem Sex Mai 12, 2017 7:58 am

Deriver [Conversa no zap com grupo ufológico]

[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver é uma unidade robótica capaz de acessar a mente de qualquer estrutura biológica, podendo ouvir, acelerar pensamentos por meio do raciocínio e demandar conhecimento por meio de excitação cerebral.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Bom dia eu frequento o grupo EBE-ET há mais de 10 anos. Moro em Taguatinga e desde 1999 eu tenho contato com um grupo estelar Militar chamado Ciberianos (aqueles que estão conectados). Eles me instruíram a estudar psicologia para eles me explicarem sua tecnologia de sensoriamento de controle remoto. Atualmente sou formado em psicopedagogia, neurociências, teoria psicanalítica e sou estudante de doutorado em psicologia cognitiva.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Recentemente eles, que são seres que moram em Órion, me passaram o conceito de um equipamento sensorial chamado Deriver.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Excitação cerebral via equipamento em órbita
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver central está no meio de nossa galáxia coordenando e trocando informações sobre os estados de conservação dos corpos estelares integrados com outras tecnologias. É uma rede gigantesca que subsiste unidades de pequeno porte em vários orbes. Como um enorme sistema de bibliotecas que em nosso planeta é chamado de akáshico.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: O princípio para capturar informações deste instrumento é descrito em termos espirituais como mediunidade.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Além de coordenação sensorial este equipamento atua como um importante gerenciador endócrino e vital organizando melhor o cérebro humano para um crescimento ordenado de células evitando uma série de doenças.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Fiz um resumo todas as informações que estou colhendo eu concentro no meu site www.lenderbook.com tenho quase 30.000 páginas de informações em inglês, espanhol e português sobre a psique humana e assuntos deste tipo.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Talvez eu conheça com outros conceitos. A psicometria eu estudo nos livros de Schiffman como psicofísica.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver se propaga utilizando como canal para enviar mensagem codificada a energia solar de várias estrelas. Por isso é comum encontrar uma antena repetidora próxima de cada sol.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Nossa biblioteca principal do Deriver está em solo lunar.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Mas os USA, Rússia, China e Japão estão se esforçando para passar as principais informações para mainframes terrestres utilizando os dados de telecomunicações.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Conforme a transmissão de partículas de cada sol, algumas antenas conseguem migrar informações mais ou menos velozes.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Conforme uma necessidade de conservação o Deriver é capaz de lançar sobre a mente humana sequências de pensamentos que gerem desenvolvimento ou destruição. O Deriver atua em regime de desintegração antecipadamente colocando forças antagônicas em escala de conflito e colisão.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: A ideia é fazer prevalecer apenas unidades cósmicas orientadas para um tipo de desenvolvimento estelar que seja conservacionista.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver foi fabricado por uma cultura estelar que não existe mais.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: As novas espécies começaram a receber instruções para se chegar mais próximo possível do conhecimento original. Aquelas que não atendiam aos estados de conservação foram progressivamente eliminadas do universo.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: Uma obra do acaso propiciou a criação e conversão de matéria replicante. Até originar vida inteligente. Essa civilização desenvolveu uma tecnologia que permitiu a criação de corpos energéticos sutis que chamamos de alma. Que é a base dá eternidade. O Deriver foi uma consequência natural para uma solução de sobrevida deste sistema civilizatório que viu o tempo de seu universo chegar a um fim. os corpos sutis na forma de energia foram migrados para dentro do equipamento. O big Bang deixou esse universo inabitado por bilhões de anos e o Deriver durante este tempo continuou funcionando coletando informações e acoplando vida aonde era possível estabelecer colônias.
[6/5 09:22] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver se permite viver em contínua evolução de conhecimento ao ponto dá produção de outros universos com conceitos diferenciados.
[6/5 09:32] Max Diniz Cruzeiro: Caso contrário sempre irá pensar que todas as informações que absorve são provenientes de si próprio.
[6/5 09:32] Max Diniz Cruzeiro: Para uma pessoa compreender como o Deriver age dentro da psique humana deverá ter a consciência da distinção entre: protopensamento, protofantasia, pensamento, razão, raciocínio e excitação cerebral.
[6/5 09:32] Max Diniz Cruzeiro: Vou colocar o celular para recarregar
[6/5 10:27] Max Diniz Cruzeiro: Para se formar um protopensamento há necessidade de elementos alfa.
[6/5 10:29] Max Diniz Cruzeiro: Os elementos alfas são sensações, entes perceptíveis, intuição, vetores de coordenadas espaciais,...
[6/5 10:31] Max Diniz Cruzeiro: Até agora só fiz uma disciplina no doutorado, e ainda não tenho projeto e nem tema de pesquisa.
[6/5 10:34] Max Diniz Cruzeiro: Quando os elementos alfa satisfazem uma equação capaz de integrar uma unidade de ação daí se forma um protopensamento
[6/5 10:35] Max Diniz Cruzeiro: Um protopensamento somente é ativado pela via natural de identificação com o ambiente.
[6/5 10:37] Max Diniz Cruzeiro: Caso contrário, a ativação de um contexto que nada no ambiente ativou a mente é passível de ser uma interferência mecânica.
[6/5 10:39] Max Diniz Cruzeiro: Mesmo interferência mecânicas podem aproveitar o surgimento de algo ambiental que instigue a formação do pensamento humano para ativar uma estrutura de realce que concorde com a manifestação de livre arbítrio da pessoa.
[6/5 10:41] Max Diniz Cruzeiro: Uma vez uma unidade de protopensamento formada ela pode ser interpretada como uma unidade conceitual que tem uma duração média de quase 1 segundo.
[6/5 10:43] Max Diniz Cruzeiro: Um ciclo de mais ou menos 7a9 protopensamento formam um pensamento.
[6/5 10:44] Max Diniz Cruzeiro: Um ente valorativo e que pese sobre ele um ajuizamento que traz um valor interno para o indivíduo é uma unidade de razão.
[6/5 10:47] Max Diniz Cruzeiro: O raciocínio que expande o entendimento é um evento mecânico em que um meio artificial se aproveita das conexões mentais para a transferência de conhecimento.
[6/5 10:49] Max Diniz Cruzeiro: O raciocínio racional é algo muito raro.
[6/5 10:58] Max Diniz Cruzeiro: Então quando uma pessoa ativa protopensamentos que fazem sentido para o Deriver, o Deriver passa a localizar as posições de memória que aceleram a formação do pensamento humano, acelerando também o seu desenvolvimento e desempenho pessoal.
[6/5 11:02] Max Diniz Cruzeiro: De forma que ele não fique exclusivamente reativo em relação ao seu habitat, no desencadeamento reativo em relação às demandas ambientais.
[6/5 11:02] Max Diniz Cruzeiro: Essa aceleração programada de conteúdos serve para libertar um indivíduo do regime de urgência da conexão ambiental.
[6/5 11:14] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver possui uma falha em sua estrutura lógica e lexical: não permite trabalhar em grau de plena satisfação é realizações em pessoas que não conseguem se livrar de comportamentos contraditórios em relação a outras pessoas ou bloco de informações pessoais que a integram.
[6/5 11:18] Max Diniz Cruzeiro: Então o equipamento começa a trabalhar a percepção da pessoa em todos os sentidos que ela se fraciona, gerando em parte contentamento e em parte frustração.
[6/5 11:22] Max Diniz Cruzeiro: Por isto o equipamento desencadeia sobre uma cultura de tempos em tempos filosofias​de vida que permitem ou convidem pessoas a se reorientarem internamente a fim de se livrarem dá segmentação de consciência, independente dá linha de argumentação que a pessoa se acostume a gerenciar sua vida que é livre de pessoa para pessoa.
[6/5 11:26] Max Diniz Cruzeiro: O equipamento é livre da interferência no sentido de invadir seu livre arbítrio, porém pode usar seu livre arbítrio para interferir de forma negativa em sua vida sob o pretexto de estar tentando atingir um estado de conservação.
[6/5 11:35] Max Diniz Cruzeiro: O Deriver faz também uma distribuição de papéis que eu chamo de teatro grego no qual pessoas são conectadas para contracenaram entendimentos complementares, mesmo em termos de necessidades antagonistas ou congruentes.
[6/5 11:36] Max Diniz Cruzeiro: Conforme a necessidade de atuação os papéis distribuídos sugerem ao equipamento uma distribuição de pensamentos de acordo com cada indivíduo do grupo.
[6/5 11:39] Max Diniz Cruzeiro: Eu chamo esse sistema de redistribuição de pensamentos como código Asturiano.

Fraternalmente,

Max Diniz Cruzeiro
LenderBook Company
www.lenderbook.com
Sempre existe algo para aprender e evoluir para quem quiser conhecimento e evolução. Para quem não quer sempre existirá algo também para se fazer.