Home Notícias Vereador propõe incentivar o “turismo ufológico” em Curitiba

Vereador propõe incentivar o “turismo ufológico” em Curitiba

395
1
COMPARTILHE

Por iniciativa do vereador Toninho da Farmácia (PP), teve início o trâmite na Câmara Municipal do projeto que institui o “Dia Municipal da Ufologia”, a ser comemorado a cada 2 de outubro (005.00136.2015). A iniciativa, conforme Toninho, pretende estimular o debate sobre o tema em Curitiba, inclusive por meio do chamado “turismo ufológico”.

Vereador Toninho / Divulgação CMC
Vereador Toninho / Divulgação CMC

Para o propositor da iniciativa, “a ufologia é um assunto que desperta fascínio tanto no meio científico, como no meio não acadêmico. Além de desenhos animados, comerciais, séries para TV e filmes campeões de bilheteria, milhões de livros foram publicados em todo mundo, atingindo positivamente diversos públicos”. O tema ufologia, de acordo com Toninho, sempre influenciou grandes profissionais, astrônomos, engenheiros e até a NASA (sigla em inglês para a agência espacial norte americana).

Curitiba, segundo o vereador, é conhecida como a “capital brasileira da ufologia”, em função do alto número de aparições registradas. Tal fato, para Toninho da Farmácia, poderia reverter positivamente para a cidade, caso ela resolvesse investir no chamado “turismo ufológico”. Ele lembrou que desde a década de 70, foram realizados diversos congressos internacionais de ufologia, trazendo para nossa cidade cientistas renomados de todas as partes do mundo. “Além disso, em Curitiba residem três dos maiores ufólogos brasileiros: Ademar Gevaerd, Rafael Cury e Ruisdael Marques”.

Ele mencionou outros casos de cidades que resolveram explorar essa tendência. “A cidade de Roswell, nos Estados Unidos, criou um museu ufológico e o exemplo foi seguido pelo município rio-grandense de Itaara, que inaugurou o Museu Internacional de Ufologia História e Ciência”.

Toninho entende que o momento para a criação da data é propício pois, “pela primeira vez desde o início da conquista espacial, a NASA admitiu a possibilidade de existência de vida extraterrestre. O diretor de ciências espaciais, Matt Mountain, de Baltimore, afirmou que faremos contatos com seres em outros planetas, no prazo de 20 anos. Mas a comunidade ufológica afirma que em 10 anos isso venha a acontecer”. O vereador também destacou o fato de que o papa Francisco se manifestou sobre o tema e também o governo brasileiro liberou mais de 4 mil páginas com relatos sobre avistamentos ufológicos.

“Nada mais justo que seja criado um dia oficial de âmbito municipal, reconhecendo esta ciência e os estudiosos que se dedicam a estes fenômenos e representam o Brasil perante a comunidade científica mundial”, defende Toninho.

Tramitação

Após ter sido lido no pequeno expediente, o projeto de lei começou a tramitar na Câmara de Curitiba. Primeiro receberá instrução técnica da Procuradoria Jurídica e depois seguirá para as comissões temáticas do Legislativo. Durante a análise dos colegiados, podem ser solicitados estudos adicionais, juntada de documentos faltantes, revisões no texto ou o posicionamento de outros órgãos públicos afetados pelo teor do projeto. Depois de passar pelas comissões, o projeto segue para o plenário e, se aprovado, para sanção do prefeito para virar lei.

Críticas

No dia seguinte ao início da tramitação do projeto, o vereador Toninho da Farmácia (PP) estranhou o fato da propositura ter sofrido críticas negativas por parte da mídia. “O projeto não onera o poder público, não cria feriado e nem prejudica a cidade. Outros projetos apresentados por mim até com maior relevância não obtiveram tanta atenção, como foi o caso do que obriga a instalação de dispositivos anti-sucção em piscinas”, argumentou o vereador

Com informações da Câmara Municipal de Curitiba

1 COMENTÁRIA

  1. Obrigado pelo carinho em compartilhar o nosso projeto. Contamos com o carinho de todos os apaixonados pelo tema, para juntos fortalecermos essa iniciativa. Em breve estaremos trazendo algumas novidades.

Deixe um comentário