Home Fotos Fotos Famosas – O suposto OVNI da Barra da Tijuca

Fotos Famosas – O suposto OVNI da Barra da Tijuca

201
0
COMPARTILHE
O suposto OVNI na Barra da Tijuca
O suposto OVNI na Barra da Tijuca

No dia 7 de maio de 1952, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Ed Keffel relata ter tirado uma série de cinco fotos de um OVNI sobrevoando a praia que, na época, era pouca freqüentada. Teria vindo do mar, não emitindo nenhum barulho e sendo de cor cinza azulado. A revista semanal “O Cruzeiro” publicou um artigo envolvendo o caso e assinado pelo jornalista João Martins que estava junto quando Keffel fotografou o suposto disco voador. Para fotografar o disco, Keffel relata ter dado uma volta de 320º em torno de seu próprio corpo. O Dr. Olavo Fontes (famoso gastroenterologista e ufológo do Rio) enviou cópias das fotos e da reportagem à APRO (que ele representava no Brasil), o que resultou na inclusão deles no Relatório Condon.

Embora o Relatório Condon não seja aceito como parâmetro para nada na comunidade Ufológica – acusado de ter sido uma manobra governamental para promover o descrédito do fenômeno OVNI–, mais recentemente a veracidade do caso Barra da Tijuca foi colocada em dúvida por outros nomes da Ufologia brasileira, entre eles o falecido pesquisador Claudeir Covo. Especialista na em análises de imagens, Covo realizou intensa análise do episódio e conseguiu reproduzir as fotos usando maquetes. Além disso, pela análise das sombras projetadas no objeto, concluiu serem as fotos uma farsa.

Última imagem:
Capa da Revista Semanal “O Cruzeiro”:

“EXTRA
DISCO VOADOR NA BARRA DA TIJUCA

O CRUZEIRO apresenta, num furo jornalístico espetacular, a mais sensacional documentação jamais conseguida sôbre o mistério dos discos voadores – O estranho aparelho veio do mar, com enorme velocidade e foi visto durante um minuto – Côr cinza azulada. absolutamente silencioso, sem deixar rastro de fumaça ou de chamas – Relato completo da fascinante aparição na Barra da Tijuca.

Reportagem de ED KEFFEL e JOÃO MARTINS”

Zoom no "disco" da Barra da Tijuca: uma farsa.
Reprodução

Destaque na revista O Cruzeiro
Destaque na revista O Cruzeiro

Deixe um comentário