Home Casos Caso Sandy Larson

Caso Sandy Larson

124
0
COMPARTILHE
Caso Sandy Larson
Caso Sandy Larson

A cantora Sandy Larson, uma amiga e sua filha estavam a caminho de Bismarck em carro próprio. Num dado momento do percurso, os três ocupantes do carro ouviram um estranho estrondo e viram algo parecido com um flash de luz.

Logo surgiu no céu um grupo de dez ou doze discos de um forte brilho alaranjado, aproximando-se do carro. Vários desses objetos situaram-se sobre o carro e, nesse instante, o tempo se deteve para Sandy Larson. Apesar de correr cerca de sessenta quilômetros por hora, o veículo parecia estar imóvel.
Quando os objetos desapareceram, Sandy e seus acompanhantes se deram conta de que ocupavam agora lugares trocados. Afinal, o que havia ocorrido?

Submetida a regressão hipnótica pelo renomado dr. Leo Sprinkle, Sandy explicou que havia sido levada ao interior de um daqueles misteriosos objetos. Uma vez dentro do aparelho, foi lhe tirada a roupa, e ao ser esfregada com uma loção estranha em suas partes íntimas, sentiu-se estimulada sexualmente. Por fim, um dos seres que tripulavam o objeto consumou com ela o ato sexual.
Apesar de todos os abundantes casos de mulheres raptadas por tripulantes de objetos voadores de procedência desconhecida, nunca se teve conhecimento – pelo menos nunca foi divulgado – de uma gestação provocada por um destes abusos do tipo sexual. Em certa ocasião, um caso foi trazido à tona. Era o incidente de uma australiana de Melbourne chamada Marlene Travers, na ocasião com 24 anos. Ela estava com amigos quando, de repente, uma luz se moveu sobre ela. A nave desceu e estacionou a uns dez metros de distância. A testemunha foi levada para dentro do artefato e, após ter sido submetida a uma série de experimentos, foi assediada sexualmente.
Marlene desfaleceu e voltou a si em pleno campo, justamente no local onde pousara a nave. Foi examinada pelos médicos que constataram que ela havia sofrido estranhas queimaduras e que estava grávida. Contudo, quando a notícia foi largamente divulgada nos jornais e revistas da época, Marlene desapareceu.
Em certas ocasiões, nem os médicos nem as próprias testemunhas podem assegurar se houve mesmo violência sexual nestes seqüestros. Todavia, a dúvida continua…

Referências: arquivos da Revista UFO

Deixe um comentário